Zamora fala sobre o incidente viral ‘Boy Tongue’ na área de San Juan ‘basaan’

O prefeito de San Juan, Francis Zamora, abordou o incidente envolvendo Lexter Castro, um morador de 21 anos que ganhou as manchetes nas redes sociais por suas travessuras durante o Festival Wattah Wattah da cidade, em uma entrevista com comunicado à imprensa na terça-feira no Gabinete do Prefeito, San Juan Cidade. Salão.

Castro, que foi apelidado de “Menino Dila” por encharcar um motociclista com água usando uma pistola de água enquanto mostrava a língua, expressou seu pesar em um encontro com Zamora.

O incidente, que foi capturado em vídeo e rapidamente obteve milhões de visualizações, gerou grande polêmica e críticas por parte dos internautas. O vídeo mostra as ações de Castro, que muitos consideraram desrespeitosas e imprudentes, que levaram ao caos generalizado.

A princípio, Castro respondeu às críticas postando vídeos difamatórios que pioraram a situação. No entanto, desde então ele pediu desculpas publicamente e quis se encontrar com Zamora para expressar seu remorso.

LER: Pesquisa da cidade de San Juan relatou motim ‘Reading 2024’

Durante a coletiva de imprensa, o prefeito enfatizou a importância do comportamento responsável e o impacto das ações na sociedade. Apreciou o espírito festivo do Festival Wattah Wattah, um festival conhecido pelo seu tradicional jogo de bebida, mas sublinhou a necessidade de os participantes terem cuidado e respeitarem os outros.

“Embora o Festival Wattah Wattah seja um momento para nos divertirmos e celebrarmos, é importante lembrar que as nossas ações têm consequências”, disse Zamora. “O comportamento de Lexter Castro, embora pretendido como uma piada, ultrapassou os limites e resultou em sofrimento desnecessário para outros. Agradecemos sua disposição de se apresentar, pedir desculpas e assumir a responsabilidade por suas ações.”

Castro, que compareceu humildemente à reunião, reiterou a sua tristeza pelo incidente. Ele disse em filipino: “Lamento profundamente minhas ações durante a festa”. “O que era para ser um momento de brincar virou algo perigoso e desrespeitoso. Entendo a gravidade do meu erro e o impacto que teve na comunidade e no motociclista envolvido. Eu realmente sinto muito.”

O prefeito Zamora pediu a Castro que se abstivesse de postar mais vídeos que pudessem zombar ou agravar a situação. Ele enfatizou a importância de usar as mídias sociais de maneira responsável e o potencial para ter um impacto positivo.

Zamora disse: “Vivemos numa época em que as redes sociais têm um enorme impacto nas nossas vidas. “É importante usar esta plataforma para promover a gentileza, o respeito e o bom comportamento. Pedi ao Lexter que evitasse anúncios que pudessem agravar a situação e, em vez disso, se concentrasse em ações construtivas”.

No seu pedido de desculpas durante a conferência de imprensa, Castro falou aos ofendidos pelas suas ações, reconhecendo as suas preocupações e expressando o seu compromisso com a mudança.

“Entendo a raiva e a confusão que minhas ações causaram”, disse ele no vídeo. “Quero garantir a todos que aprendi com esta experiência. Pretendo ser uma boa pessoa”, disse novamente em filipino.

Zamora elogiou a decisão de Castro de se encontrar pessoalmente e pedir desculpas, enfatizando que é um grande passo em direção à humildade.

Ele disse: “É preciso coragem para uma pessoa admitir seus erros e pedir desculpas. “A decisão de Lexter de se encontrar comigo e pedir desculpas pessoalmente mostra sua honestidade e determinação em consertar as coisas. Espero que esta seja uma lição para todos, especialmente para os nossos jovens, sobre a importância da responsabilidade e do respeito.”

O prefeito Zamora e Castro também pediram aos internautas que parem de fazer postagens falsas e de enviar itens endereçados para sua casa.

“Vamos acabar com as reservas e os transportes falsos porque as vítimas e as vítimas são os nossos passageiros e vendedores”, disse Zamora.

“Por favor, tenha piedade dos passageiros. São eles que você está abusando ao manter os livros que mantém”, acrescentou Castro.

A discussão foi concluída com um lembrete do compromisso da cidade em promover um ambiente seguro e respeitoso para todos os residentes e visitantes. O prefeito Zamora apelou ao público para manter valores de compaixão e compreensão, especialmente durante celebrações e eventos públicos.


Não foi possível salvar seu registro. Por favor, tente novamente.


Seu registro foi realizado com sucesso.

“A cidade de San Juan é conhecida pela sua cultura de vida saudável e de convívio”, disse Zamora “Vamos continuar a celebrar as nossas tradições com alegria e responsabilidade, para garantir que todos possam desfrutar destes momentos sem danos ou desrespeito. pretendemos implementar grandes mudanças, como a escolha de um local ‘basaan’ onde a água será despejada na ‘área Basaan’ será proibida.

“Pretendemos alterar nossa Lei Municipal de 2018 para resolver todas as lacunas e áreas cinzentas e aumentar as penas para aqueles que violam a lei”, disse o prefeito Zamora e acrescentou: “Queremos celebrar a festa Wattah Wattah San Juan não apenas para San Juaneños, mas para todos os que desejam imitar a bendita obra de Jesus Cristo e de São João Batista”.



Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here