Viagens de Marcos ao exterior geram 200 mil empregos, diz DOLE

MANILA, Filipinas – Visitas estrangeiras do Presidente Ferdinand Marcos Jr. geraram investimentos que podem criar cerca de 200 mil empregos de qualidade, segundo o Departamento de Trabalho e Emprego (DOLE).

O secretário do Trabalho, Bienvenido Laguesma, disse que a estimativa veio do Departamento de Comércio e Indústria, que é o braço financeiro do governo.

LER: DOLE: O aumento salarial P35 não significa insultar os trabalhadores

“Hindi [ito] uma noite; existe um processo. Mas nas últimas visitas do nosso presidente há um compromisso de que o processo foi iniciado e o nosso DTI já tem uma estimativa, a maior parte da qual é de 200 mil empregos”, explicou Laguesma na quinta-feira.

(Não é da noite para o dia; há um processo. Mas durante a visita do nosso Presidente a outros países, há compromissos, e eles já estão em andamento. Nosso DTI já tem uma estimativa; o número máximo de empregos é de 200.000.)

“Esse é o número inicial e pode crescer ainda mais dependendo do desenvolvimento”, acrescentou.

(Esse é um número inicial, que pode crescer ainda mais dependendo do desenvolvimento.)

LER: Foi assinada uma iniciativa para criar 100 mil empregos

Citando o último inquérito da Autoridade Estatística das Filipinas, o chefe do DOLE disse que a situação do emprego e do desemprego no país melhoraram, salientando que o número de desempregados está reduzido.

Marcos visitou Brunei, Vietnã, Austrália, Alemanha, República Tcheca, Estados Unidos e Cingapura este ano.


Não foi possível salvar seu registro. Por favor, tente novamente.


Seu registro foi realizado com sucesso.



Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here