Games

[Games][threecolumns]

Tecnologia e Internet

[Tecnologia][bleft] [Internet][bleft]

Parlamento russo pretende proibir FIFA 17 na Russia por 'propaganda gay'.

Obriga a EA Sports readaptar sua qualificação por idades por sua adesão a campanha #RainbowLaces.

Obriga a EA Sports readaptar sua qualificação por idades por sua adesão a campanha #RainbowLaces.




Siga nossas redes sociais:

Twitter

Facebook


A campanha #RainbowLaces chegou a Premier League inglesa faz umas semanas com grande êxito graças a ONG Stonewall com o objetivo de lutar contra a homofobia no esporte. Seis equipes da Liga espanhola (Sevilla, Granada, Leganés, Espanyol, Eibar, Las Palmas e Deportivo de La Coruña) e outros tantos da Liga 1-2-3 se somaram a causa na rodada passada. A EA Sports, uma das empresas de games mais comprometidas com a causa LGBT, não deixou de, no fim de novembro, adicionar uma camiseta em arco-iris para o FIFA Ultimate Team. A inocente adição não agradou o russo Valery Rashkin, do Partido Comunista da Federação Russa.

Em um texto escrito pelo político na revista russa Izvestia, o parlamentar considera que a empresa "difunde a propaganda gay", e convida proibir FIFA 17 na Russia se não se adaptar "mudanças na programação do jogo e for revisado sua classificação por idades informado no conteúdo do produto". O político avisa a Electronic Arts que se ela se negar a acatar as medidas, ele terá de "adotar as medidas de restrição correspondentes". O lema principal da campanha, que também tem sido repetido pela Electronic Arts em uma promoção que terminou no final de novembro, é "fazer do esporte um jogo para todos".

Rashkin não foi o único parlamentar em promover a proibição: Irina Rodnina do partido Russia Unida (e campeã olímpica em três ocasiões com a União Soviética) também fez os mesmos pedidos a EA: "cada estado tem sua lei e sua ordem interna que devem ser obedecidas". A Electronic Arts não se pronunciou até o momento, mas não espera que a editora americana vá mudar sua filosofia ante o presente caso. Restará esperar o que acontecerá em Moscou.

Parlamento russo pretende proibir FIFA 17 na Russia por 'propaganda gay'.


Clique na imagem e baixe o aplicativo do MeuXP GRATUITAMENTE
Bruno Tibério Santinoni

Sou Jornalista, Radialista e Professor nas horas vagas. Nasci em 1990 (para não ter que ficar trocando aqui todos os anos). Sou pai de um casal, sendo o primogênito tão apaixonado por games quanto eu. Tenho poucos amigos por opção. Sou apaixonado pelos games e pela tecnologia.

Comente
  • Conta Google Comente usando Google
  • Facebook Comente usando Facebook
  • Disqus Comente usando Disqus

Nenhum comentário :


Animes/Filmes/Séries

[Animes%2FFilmes%2FSéries][twocolumns]

Mangá/HQ

[Mangá][grids] [Mangá%2FHQ][grids]

Parceiros

GameLover - Notícias com opinião GameLover - Notícias com opinião